terça-feira, 19 de outubro de 2010

Pós Congresso da OMV

O congresso (felizmente) correu bastante bem :D

Estava com algum receio que fossem cépticos tentar deitar a acupunctura abaixo, estava preparadíssima para isso e para responder a qualquer cepticismo, mas felizmente não foi este o caso, muito pelo contrário! Os veterinários que lá estavam tinham todos um real interesse em como a acupunctura funciona, quando se pode utilizar e se realmente conseguimos utilizar nos animais. E penso ter respondido muito bem a todas às suas dúvidas.

Mostrei os resultados do estudo da minha tese, o que, apesar de poucos casos e de não ter corrido conforme eu esperava, mesmo assim deixou-os impressionados.

Claro que o que eles gostaram realmente e elogiaram foi o vídeo, pois demonstrou um pouco da prática da acupunctura, segundo eles.

Portanto vou deixar aqui os resultados do estudo da tese (que por falta de tempo não tenho conseguido manter o blogue minimamente actualizado) :(  (CADESI- avaliação objectiva do grau de eritema, liquenificação, escoriações e alopécias auto-induzidas; PAS- avaliação feita pelo dono do grau de prurido na última semana).

 

E o vídeo da palestra, que vocês já viram parte do vídeo há algum tempo, mas tenho aqui 3 pacientes novos além dos meus queridos pacientes do estudo para a tese (O Timon e a Emma). Participa também a Maggie (que tem hipersensibilidade alimentar e infecções recorrentes da glândula anal, que inclusivé foi recomendada a extirpação da glândula quando ela começou a acupunctura. Neste momento não só não mais infectou como a frequência de "expremer" as glândulas passou de 3semanas para 8!), a Luna (uma caniche típica, de personalidade madeira e falso yang, tem rotura dos ligamentos dos 2 joelhos, penso que já expliquei num post anterior. Obviamente não vamos conseguir curar a articulação, mas neste momento a Luna anda mais direitinha e já não tem dores. Assim que puder irei postar o vídeo da Luna, é impressionante!) e a Luna gata :D (é uma gatita de 8 anos e Insuficiência Renal Crónica (IRC), comecei a acupunctura com ela na 6ª passada, mais uma vez, a acupunctura não irá curar a IRC, mas irá dar um maior bem-estar e diminuição das sintomatologias e períodos de agudização da doença, esperemos que ela ganhe mais força e aumente o tempo de vida, com uma boa vida! Que isso é que é importante!).

Portanto, aqui fica:

video

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Congresso da OMV

Fui convidada para fazer uma comunicação oral no congresso da Ordem dos Médicos Veterinários!!!

Não estava a espera de o meu abstract ser aceite uma vez que a acupunctura ainda não é bem vista na classe médico-veterinária (ainda!) e quando vi que afinal não só foi aceite como uma comunicação - poster (que nem disso estava a espera!) e sim como uma comunicação oral, senti que algo estava a mudar... e para melhor!

Podem ter a certeza que irei fazer uma palestra que os irá deixar a pensar! Estou mesmo contente com esta oportunidade! :D