Sua mensagem

Deixe aqui a sua mensagem, testemunho, dúvida, comentário, apoio ou crítica (construtiva, claro!)

12 comentários:

Sun SiMiao disse...

Cara Colega,deixe que lhe transmita os meus sinceros PARABÉNS, pelo seu excelente e esforçado Blog. Bem Haja pela apaixonada escolha pelas medicinas naturais, nomeadamente A MTVCh.
Depois de alguns cursos superiores da Humana, fiz o 1º curso IVAS na Lusófona.
Aproveito para anunciar o Congresso Luso Brasileiro de Medicinas Naturais no Porto,a 29 e 30 de Setembro 2010 com entre outros os seus Profs. Jean e Carol.
Veja mais em sunsimiaomedicalarts.blogspot.com
Venha até nós pois temos todos muito que falar. Obrigado por tudo.

Zhyph disse...

Olá Dr. Sunsimiao,

É uma honra tê-lo no meu blog!

Já estava a contar em ir ao congresso, pois pareceu-me realmente muito interessante.
A única pena é realmente ser durante a semana, e talvez por isso venha a ter menos pessoas que merecia,
mas podem contar comigo!

Obrigado pelo convite e agradeço também por partilhar connosco, os que agora começam, o seu conhecimento e paixão na área,

Com os melhores cumprimentos

Clara oliveira disse...

Boa tarde,
Tenho um cão com insuficiência renal. O seu estado é bastante reservado. Estou à procura de qualquer alternativa à medicina tradicional veterinária que, já pouco pode fazer. Tenho andado a pesquisar em homeopatia e acupunctura, e cheguei aqui. Gostaria de saber se me pode ajudar. Onde se fazem os tratamentos que a gatinha com ins. ren.fez? Ficaria muito grata com qq resposta.
Clara Oliveira

Zhyph disse...

Boa tarde Clara,

Espero que esteja tudo bem consigo e com o seu cãozinho.

Os tratamentos de acupunctura são efectuados por mim.

Se quiser poderá contactar-me pelo mail vetpunctura@gmail.com e terei muito gosto em responder às suas dúvidas.

Com os melhores cumprimentos,
Sabrina

Anónimo disse...

Olá Sabrina, tudo bem? Meu nome é Solange, sou veterinária e estou terminando meu curso de acupuntura. Sem mesmo te conhecer já te admiro pelo seu trabalho, parabéns!!!
Entraremos em contato logo logo, pois se você não se incomodar eu pretendo discutir com você alguns casos meus, tudo bem?
Um abraço
Solange

Zhyph disse...

Olá Solange,

Muito obrigada :D

Pode entrar em contacto pelo meu mail ;)

Beijinhos e boa sorte

Ana disse...

Olá Dra. Sabrina,
Antes de mais parabens pelo blog.
Tenho uma gatinha persa, com 7 anos e há 1 ano que lhe foi diagnosticado PIF, costuma ter obstipação, já foi varias vezes para a clinica veterinaria para extração das feses, o ùltimo "achado" foi um rim poliquistico, deformado e aumentado de volume.
Gostaria de poder prolongar e aumentar a qualidade de vida da minha gatinha.

Gostaria da sua opinião sobre como acupunctura e fitoterapia poderiam ajudar.
Sou do Porto.
Obrigada
Ana

Zhyph disse...

Olá Ana,

Infelizmente em doenças crónicas a acupunctura não impede que a doença tome o seu curso, mas é capaz sim de dar uma nova energia, ou seja, uma maior qualidade de vida aos nossos bichinhos e em alguns casos, prolongar mesmo a vida deles.

O rim poliquístico é uma alteração da energia vital de acordo com a Medicina Chinesa, e infelizmente não conseguimos nunca acrescentar energia ao Rim, mas conseguimos que a sua energia desvaneça mais lentamente. Tenho tido muito bons resultados em gatos com IRC (insuficiência renal crónica) e no caso da sua gatinha poderá ajudar também.

Temos que nos lembrar que cada animal reage de forma diferente à acupunctura, e na mesma patologia existe casos que respondem logo no primeiro tratamento, casos que respondem apenas no 6º e casos que não respondem de todo. Dependerá apenas da sua gatinha.

De qualquer modo, em relação à obstipação, a acupunctura poderá lhe fazer muito bem sim, embora não posso afirmar sem ver a gatinha, com a ajuda da fitoterapia.

Quanto à referências no Porto apenas conheço o Dr. Américo Moreira (Sun SiMiao – está um link para a sua página no primeiro comentário), um grande nome da acupunctura veterinária no Porto.

Muito boa sorte e as melhoras para a gatinha.

P.S: Não se esqueça de depois voltar cá e contar como correu ;)

Isabel Nunes disse...

Drª Sabrina bom dia

Um dos meus companheiros de 4 patinhas é um epaigneul breton. Há algum tempo atrás (1 ano e meio) mais ou menos ele teve uma convulsão que nos deixou preocupadissimos. No dia seguinte foi ao vet onde semore foi e após twer feitos algumas análises foi-lhe diagnosticado dirofilariose. Fez tratamento e passado algum tempo repetiu as análises e segundo o Vet os resultados eram bons. Depois desta primeira convulsão continuou infelizmente a ter e então também é epiléptico. Está a tomar diariamente 3 X ao dia medicamentos, mas não impede que de vez em quando tenha uma recaída e já chegou a ter 5 convulsões num dia. Domingo passado teve três. Depois de alguma pesquisa que fiz verifiquei que a acupunctura poderá ser uma alternativa. A minha questão é se realmente poderá ser eficaz, pois é muito difícil vê-lo tão aflito e temos medo que um dia ele não aguente. Ele tem 4 anos. Fêz em Dezembro. E se este tratamento é muito dispendioso e onde poderá ser feito.
Muito obrigada por qualquer informação que me possa transmitir e parabéns pelo blog.

Sa GT disse...

Olá Isabel,

Fico muito contente de ter gostado do blog :)

Uma das indicações da acupunctura é a epilepsia, e por minha experiência a acupunctura consegue sim controlar convulsões e os nossos companheiros reagem muito bem. Inclusivé, hoje em dia, neurologistas (veterinários e humanos) recomendam a acupunctura como um tratamento complementar para convulsões.

Quanto à parte financeira, irá depender do plano de tratamento elaborado para o seu companheiro (pois na medicina chinesa os protocolos são sempre individualizados para cada paciente e nunca fixos, pois depende também da resposta do seu companheiro aos tratamentos) e mesmo da experiência e do valor por consulta/tratamento do acupunctor escolhido.

Quanto a onde poderá ser feitos dependerá de onde a Isabel mora :)

Para mais informações poderá escrever diretamente para sabrina@vetpunctura.com

Sara Sousa disse...

Boa tarde. Tenho um cão que neste momento foi-lhe diagnosticado uma hérnia discal e está a fazer medicação à base de injecções e comprimidos mas já se passaram alguns dias e as patas de trás continuam imobilizadas, apesar dele ter sensibilidade ao toque. Gostaria de saber se com a vetpunctura haverá hipótese de melhoras sem ter que recorrer à cirurgia? Obrigada.

Sa GT disse...

Boa tarde Sara Sousa,
Se o seu cão tem sensibilidade na pata o prognóstico é bom para tratamentos com a acupunctura.
Para melhores informações eu teria de ver pessoalmente o seu cão.
Em hérnias de grau 3 a recuperação com a acupunctura é de 100%, em hérnias de grau 4 e 5 o ideal seria cirurgia + acupunctura, e é o que recomendo.
Já fiz acupunctura em hérnias de grau 4 em que os donos não têm condições de fazer a cirurgia que recuperaram todas, mas é sempre um risco. Esse risco terá de ser decidido pelo dono.
Em hérnias de grau 5 (o que não me parece o caso, uma vez que tem sensibilidade na patinha) recomendo vivamente a cirurgia em conjunto, pois já há uma compressão medular muito grande.
Para maiores informações contacte directamente vetpunctura@gmail.com
Atenciosamente,
Sabrina