domingo, 28 de dezembro de 2008

Adeus Pierrot

A tragédia aconteceu...

Fiquei tão em choque, triste, frustrada... que nem consegui continuar a escrever no blog.

Três dias após a primeira sessão de acupunctura teve de ser feita a eutanasia do Pierrot.

Não, não foi devido à acupunctura e penso eu, espero eu, que não poderia ter feito mais do que fiz por ele através da acupunctura, pelo menos não em apenas uma sessão!
Será que eu deveria ter feito sessões mais intensivas? Todos os dias? Pergunto-me todos os dias. Se eu apenas conseguisse prever o futuro! Mas na altura estaria eu lutando contra poliartroses (doença crónica) e não contra uma patologia aguda. Deveria eu ter feito pontos contra os vómitos? Esqueci-me de dizer, a eutanasia foi feita porque o Pierrot, infelizmente já apresentava um estado de caquexia e fraqueza muito grave, e vómitos incoersíveis.

Se a eutanasia esperasse apenas mais um dia, será que eu conseguiria ajuda-lo com uma segunda sessão? Eu tenho total confiança nas médicas e sei que a decisão que elas tomaram, juntamente com a dona do Pierrot, foi a melhor para o bichinho... Mas... será que? A frustração é tão grande...
Afinal era o meu primeiro paciente... e não podia ter corrido pior... Sei que não foi por minha culpa, sei que não poderia ter feito mais... mas... continuo a sentir o peso por dentro.

Pierrot, sinto muito por não ter feito mais, por não ter funcionado, por não ter tido tempo para... :( Vai com paz... pelo menos agora não tens dores.

2 comentários:

Anónimo disse...

Pois é, o caso do Pierrot não correu muito bem mas, temos de ter todos consciência de que era um caso muito complicado, com vários sintomas difíceis de interligar e até mesmo de controlar!
A melhor opção foi mesmo a eutanásia. Custou-me muito tomar a decisão mas seria egoísmo da nossa parte continuar...
Novos casos virão mas por enquanto quero-te bem concentrada nesses exames. Tudo a correr bem!!!

Beijoca grande

C.

Zhyph disse...

Obrigada C.

Por todo o apoio que me tens dado, na clínica, nos casos, para a tese e agora também para os exames.

Eu sei que este caso custou-nos muito a todas.

Tens sido mais que uma colega, tens sido uma amiga.

Beijinhos