terça-feira, 13 de outubro de 2009

História do dia

Olá!

Minhas donas deixaram-me aqui porque eu não comia (entre outras coisas), mas acho que elas não perceberam que eu já não sou nenhum bebé e já não quero é mais leite!

Portanto, dei algum trabalho hoje para uma tal de estagiária, porque tava com uma foooome! Mas ela lá insistia que eu estava com a temperatura baixa e que tinha que ficar debaixo dos cobertores... mas eu queria lá saber! Queria era comida!



E só para ela não me estar a chatear assim muito resolvi pregar-lhe um susto (hehehehe):

Quando ela virou as costas, saltei por cima de uma barreira que puseram para eu não chegar perto das grades (sei lá eu porquê), passei por entre aquelas grades, saltei do 2º andar para o chão e escondi-me debaixo das jaulas. Ui! Vocês não estão a ver o pânico daquela chata!

Primeiro olhou um pouco espantada lá para a minha antiga jaula e começou a tirar e a sacudir tudo, completamente descrente! Saiu a correr a tentar procurar alguém mas estavam todos ocupados (rsrsrsrsrs). Quando voltou lá se lembrou de se por de joelhos no chão, ainda não acreditando que eu tinha conseguido passar por entre a barreira (é incrível como me subestimam só por ser pequenina!).

Eu não entendi se ela ficou contente ou chateada, mas lá me colocou de castigo naquela jaula de vidro, e desta já não consegui mais sair! Chatice!




Mas vá, não ficou muito chateada e ainda ganhei muitos mimos até ao fim do dia :P


2 comentários:

Nádia disse...

Olá :-)

Cá estou eu de novo, claro sempre a seguir o teu blog (hehehe).

Olha tenho uma pergunta para te fazer, tenho um novo gato bebé, agora ele tem 2 meses e 3 semanas.
É muito querido e fofo, o problema é que está sempre a morder, tenho as mãos numa desgraça, completamente mordidas e arranhadas, todos olham tanto os pacientes como os familiares.

Já não sei o que hei-de fazer, ralho com ele, já lhe dei uma palmadas no rabinho, já usei um jornal enrolado para fazer barulho e assustá-lo, já bati com um chinelo no chão (para assustá-lo), já lhe comprei mordedores para bebés, um ginásio para gatos, ratos, peluches, enfim..... a verdade é que NADA FUNCIONA e ele continua impávido e sereno a morder.

Assim a minha questão é: O que fazer??????

Será que me podes ajudar?

Beijos grandes

Nádia

Zhyph disse...

hahahaha :D

Esses bichinhos às vezes pregam-nos umas boas partidas, não é?

Já tentou um spray de água (aqueles de borrifar plantas)? Geralmente funcionam muito bem pq:

-eles não gostam de ser molhados
-o som que o spray faz é semelhante ao som do bufar dos gatos.

Mas tem que ser no instante q ele começa a morder ou arranhar, e fazer sempre!

E para ele não ficar chateado com os donos, idealmente ele não deve ver de onde vem as borrifadelas
(é castigo divino hehehehe)
Por isso quando borrifarem não olhem para ele nem se mostrem alterados. Ele vai começar a perceber que "chove" sempre que morde e que isso é realmente uma chatice q se calhar não vale a pena.

Tentem e depois me digam o resultado. Mas uma mudança de comportamento não é de um dia para o outro (vc sabe disso ;P) e nos nossos animaizinhos mais lento ainda é!

Boa sorte ;)
Beijinhos