terça-feira, 25 de novembro de 2008

Dia bom?

No fim de semana passado estive na 2ª jornada clínica de acupunctura, e acreditem, nunca esperei que fosse valer tanto a pena!
Lembram-se do acupunctor que eu falei atrás? Pois é, encontrei-o novamente! Contei-lhe que estava a estagiar e que agora, que passa a ser mestrado integrado, temos de apresentar e defender uma tese, sendo que o tema que eu escolhi tinha sido "A Medicina Tradicional Chinesa como um complemento da Medicina Veterinária".

Até a pouco tempo eu pensava que somente teria de escrever uma dissertação sobre (foi o peixe que me venderam), até que eu resolvi ir pessoalmente falar com o presidente do concelho cientifico (o big boss dos estágios) e fui informada que TENHO de apresentar casos clínicos!??? :O
Desde aí tenho andado um pouco preocupada com a situação. Ok, sei "puncturar" (é a maneira correcta de dizer, é proibido dizer "espetar" no curso :D ), e posso perfeitamente seguir protocolos já existentes para situações padrões. Mas ainda sou apenas uma "newly" da acupunctura, ainda só vou no segundo ano! Ninguém espera que eu já saiba ver situações que não são padrões e que saiba escolher os pontos ABSOLUTAMENTE SOZINHA! Oh desespero! E a última coisa que eu quero é que não se obtenha resultados devido à minha inexperiência...
Também eu quero ter a certeza que funciona, não entrei nisso cegamente devido à fé! Também preciso de "ver para crer". Sei que está mais que provado cientificamente que funciona, que existem imensos testes e artigos que o prova, nesta jornada que eu fui tinham imensos casos clínicos, muitos deles com desistências da medicina ocidental para encontrar cura, com resultados fantásticos (eu diria quase milagrosos!). Mas EU nunca vi acontecer nenhum desses casos (uma vez que também só estou a entrar neste meio agora, não acompanho clínicas e nem conheço ninguém que esteja a fazer...), o melhor que eu já vi foi: curar dor de cabeça (abençoada agulha! Estava a dias com uma dor de cabeça horrível por dormir pouco), curar um punho aberto (bem... curou por 2 anos o meu :P ), dores lombares (que eu fiz uma vez em um amigo meu os ditos pontos padrões, e pelos vistos resultou muito bem), e tentei fazer uma vez a uma amiga minha que tem problemas articulares crónicos no punho, mas os pontos foram muito dolorosos (o problema sendo já crónico e algo grave e teria de fazer mais que uma vez) e apesar de ela dizer q a dor por algum tempo suavizou, nunca mais me deixou "puncturar" (a vida é tão injusta!). E eu quero também provas de que, aquilo a que estou a dedicar anos de minha vida realmente funciona e vale a pena o esforço. Além do mais, não faço a mínima questão de fazer má figura perante do juiz na apresentação da minha tese!

Voltando ao assunto, depois de eu ter falado com o acupunctor que é uma pessoa bastante importante na Associação Portuguesa dos Profissionais Acupunctores, ele disse que no dia seguinte me apresentaria para uma das palestrantes que iria fazer uma apresentação acerca de acupunctura em equinos. E assim foi, no dia seguinte estava com os nervos em franja com o que iria acontecer... mal consegui dormir "O que iria ela pensar? O q iria ela dizer?"... um nó no estômago e vai em frente! Assim que deu o intervalo da palestra, após a comunicação da acupunctora de animais, a qual eu fiquei muito bem impressionada, lá me dirigi ao acupunctor, conforme o combinado. Ele apresentou-nos e deixou-nos a falar...
Foi bem melhor do que eu esperava. Ela aceitou ajudar-me na parte da acupunctura, ser a minha orientadora na parte da acupunctura da minha tese e ainda referiu que a partir do 2º ano eu posso perfeitamente sozinha fazer a acupunctura nos animais e que estava mesmo a precisar de pessoas para trabalhar com ela (terá sido uma dica???). Vamos ver :D

Mal podia acreditar no que me tinha acabado de acontecer. Ela é uma acupunctora muito bem conceituada que trabalha NA mesma clínica que o Dr. Pedro Choy (é o curso dele que estou a fazer) e que faz a acupunctura nos cavalos de desporto em Portugal. Estava em êxtase! Mal podia espera para contar a todos o que tinha acabado de acontecer! E enquanto pego no carro para ir almoçar à casa da minha mãe (pois já estava muito atrasada), pego no telefone para contar a novidade ao meu pai! Algo me disse que era melhor eu desligar o telemóvel, mas a rua estava absolutamente vazia, era domingo, sem carro nenhum... o que poderia acontecer???
Do nada aparece um carro de polícia em sentido contrário... SHIIIT! Disfarça, pode ser que não me tenham visto... sim, claro! Atrás de mim, o carro com a sirene ligada... que alegria!
Resultado? Minha 1ª multa! Logo eu que nunca falo ao telemóvel a conduzir! Parece impossível!!! Tinham de estragar o meu dia.

4 comentários:

Sofia disse...

A parte da multa é muito chato. A outra parte é que agora não te posso deixar sozinha com o meu Timon. Não vas tu decidir colocar em prática toda a tua aprendizagem :p

bj

Zhyph disse...

Quem disse que eu preciso ficar sozinha com ele??? Vais ver já este fim-de-semana! Uhahahahá! Ou achas que eu deixava a minha cobaia preferida escapar-se? :P

Sofia disse...

Se tiveres um tratamento de emagrecimento até penso três vezes. lololol

Zhyph disse...

Tenho sim! Dieta light bem contabilizada no minimo para o peso dele. Ou então podemos tentar a obesity para tentar que ele perca pelo menos 3 quilitos :P